Origami: dispositivo de microfluídica baseado em papel para diagnósticos rápido e barato da malária

👩‍🔬 ⚕️A ciência se “desDobrando” para diagnosticar a malária nos cantos mais isolados da África.💉✊🏿 Numa invenção inovadora (com um dos passo inspirado nas dobraduras da arte japonesa do Origami), os cientistas desenvolveram um dispositivo barato e prático que permite o diagnóstico do plasmodium falciparum (causador da malária), sem a necessidade de equipamentos de laboratório.

👩‍🔬 ⚕️ A ciência se “desDobrando” para diagnosticar a malária nos cantos mais isolados da África.💉✊🏿 Numa invenção inovadora (com um dos passo inspirado nas dobraduras da arte japonesa do Origami), os cientistas desenvolveram um dispositivo barato e prático que permite o diagnóstico do plasmodium falciparum (causador da malária), sem a necessidade de equipamentos de laboratório. O dispositivo utiliza uma fita de papel dobrável que permite a extração do DNA do sangue da pessoa sendo testada. O DNA é então transferido para um dispositivo plástico, onde o DNA do plasmodium é amplificado rapidamente (a 65 °C por 45 minutos), por uma técnica chamada LAMP (Loop-mediated isothermal amplification), e o material amplificado é detectado em fitas contendo um reagente revelador, onde surgem bandas coloridas indicando o resultado positivo (tal qual num exame de gravidez). Populações de comunidades rurais remotas se beneficiarão do novo teste diagnóstico, uma vez que ele permitirá o tratamento correto da doença. Assista o vídeo ilustrando o dispositivo e o procedimento. Click no link abaixo para acessar o artigo completo. Curta nossa página Ciência, Tecnologia e Inovação Brasil. E por favor, compartilhe para seus amigos.
Filme S1 da referencia. ilustra o processo completo do ensaio usando água colorida falsa para mostrar o movimento fluido no dispositivo.

Paper-based microfluidics for DNA diagnostics of malaria in low resource underserved rural communities.

Reboud J, Xu G, Garrett A, Adriko M, Yang Z, Tukahebwa EM, Rowell C, Cooper JM.

Proc Natl Acad Sci U S A. 2019 Feb 19. pii: 201812296. doi: 10.1073/pnas.1812296116. [Epub ahead of print]PMID: 30782834

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *